BIODIGESTOR BIOFOSSA ECOLOGICA

  1. Página inicial

MG Fibras

BIODIGESTOR BIOFOSSA ECOLOGICA

Unidade Biológica de Tratamento de Esgoto Domestico.

BIOFOSSA - Unidade Biológica de Tratamento de Esgoto Domestico.

O presente trabalho visa atender ás exigências Estaduais e Municipais, bem como às normas de dimensionamentos, as NBR 7.229/93 e NBR 13.969/97 da ABNT.

Sistema local e simplificado de coleta e tratamento de efluente domestico para atender aos parâmetros, sistema anaeróbio.

O sistema substitui as Fossas Sépticas é os Filtros Anaeróbios Tradicionais.
Baixo requisito de área para instalação, pois se trata de apenas um tanque.
Baixo custo de implantação necessita apenas uma escavação no solo evitando gastos excessivos com mão de obra e obra civis, necessidade apenas de disposição final do lodo. O sistema através da sua tecnologia minimiza consideravelmente a geração de lodos o que diminui consideravelmente a contratação de caminhão limpa fossas. O sistema apresenta satisfatória eficiência na remoção da DBO.

BIOFOSSA - Unidade biologica de tratamento de esgoto

A BIOFOSSA é um Biodigestor pré-moldado de forma cilíndrica fabricados em PRFV, (poliester reforçado com fibra de vidro) de fluxo horizontal destinadas ao tratamento primário de efluente domestico, que cumprem com as seguintes funções: Separação gravitacional da escuma e dos sólidos em relação ao liquido afluente, os sólidos sedimentáveis presentes no efluente vão ao fundo do tanque, passando a constituir uma camada de lodo, enquanto que os óleos, graxas e outros materiais leves presentes flutuam até a superfície do tanque, vindo a formar uma camada de escuma.

O material orgânico retido no fundo do tanque sofre uma decomposição facultativa e anaeróbia e é convertido em compostos mais estáveis como CO2, CH4 e H2S. O H2S .

A eficiência do sistema é constatada em função das porcentagens de remoção de sólidos em suspensão e também de DBO. Em média, espera-se, desde que bem operada, cerca de 60% na redução de sólidos em suspensão, cerca de 70% da carga de óleos e graxas e em torno de 50% da carga de DBO.

Filtração e formação de colonias de bacterias. Na Unidade do biodigestor, a eficiência esperada na remoção de DBO varia de 50 a 65%.

Caracteriza pela presença do meio suporte, a função é reter sólidos no interior do reator, tanto através do biofilme que se forma na superfície do material suporte, quanto através da retenção de sólidos nos interstícios do meio ou abaixo deste.

A massa de microorganismos aderida ao material suporte, ou retida em seus interstícios, degrada o substrato contido no efluente.

No caso, o líquido é introduzido pela base, fluindo através de uma camada filtrante e sendo descartado pela parte superior.

Disposição Final do Efluente

Para disposição do esgoto tratado, o efluente final será disposto no terreno, através de sumidouros ou conectado a rede pública local.

Operação e Manutenção do Sistema Na partida do sistema, não são demandados cuidados especiais a sua inicialização. A limpeza é estimada para num intervalo de 12 meses.

A limpeza das unidades deverá ser feita por empresas especializadas, devidamente licenciadas para tal, que se incumbirão da destinação final do lodo removido.

Contato Whatsapp