Fossas Sépticas

  1. Página inicial

MG Fibras

Fossas Sépticas

Tanque Séptico e Filtro Anaeróbio - Fabricados em PRFV – Poliéster Reforçado em Fibra de Vidro, com pintura interna e externa em Gel. Apresenta em sua estrutura tubulação

As caixas e tanques são fabricados com estruturas cônicas e cilíndricas com conjuntos de volumes que variam de acordo com o número de contribuição:

Formato em tanques cônicos:

1.000 l;
2.000 l;
3.000 l;
4.000 l;
5.000 l;
6.000 l;
8.000 l;
10.000 l;
12.000 l;
15.000 l;
20.000 l.

Fabricação de tanques especiais cilíndricos para tratamentos que necessitam de tanques acima de 20.000 litros, sistema de tratamento, maiores com tanques com Ø de 2,50 e Ø 3,20m.

Aplicação

Sistemas compactos para tratamento de efluentes sanitários domésticos provenientes de cozinhas de residências, restaurantes e vestiários e banheiros de empresas, canteiros de obras e indústrias.

Funcionamento

Tanque Séptico (fossa séptica) é definido como unidade de sedimentação e digestão anaeróbia (ausência de oxigênio), de escoamento contínuo. É projetada para ser construída com material estanque (à prova de água) para receber as águas residuárias. Para o tanque séptico devem ser encaminhados todos os despejos domésticos provenientes de cozinha, lavanderia domiciliares, lavatórios, bacias sanitárias, banheiros e mictórios. A velocidade de permanência do líquido na fossa permite a separação da fração sólida do líquido, proporcionando a digestão limitada da matéria orgânica e acúmulo dos sólidos. Isso permite que o líquido, um pouco mais clarificado, seja destinado a uma área de absorção para o filtro. A manutenção do sistema requer apenas a limpeza periódica, pode chegar de um a dois anos de acordo com a geração e vazão do efluente.

Filtro Anaeróbio – pós-tratamento. O filtro anaeróbio consiste em um tanque, também com medidas e formatos específicos. O efluente é lançado na parte inferior do tanque, através de tubo que chega até o fundo falso. As bactérias presentes no lodo disperso estabilizam-se (fixam-se) no meio suporte elemento filtrante. O meio elemento filtrante usado é brita 4, dependendo do porte do equipamento em questão. O efluente não sobe além da calha coletora. O sistema possui tubo central fechado por um cap e na parte superior (tampão) para permitir a limpeza conforme necessidade.

Instalação : instalado sobre uma base de concreto lisa, plana e nivelada, enterrada conforme cota da tubulação do sistema.

Contato Whatsapp